Câmara realiza sessão extraordinária

Sessão desta quinta-feira foi convocada a pedido do Executivo

Na tarde desta quinta-feira (27), os vereadores se reuniram no plenário da Câmara para uma sessão extraordinária. Convocada no início da semana pelo presidente da Casa, Altino Júnior (PSD), a pedido do chefe do Executivo, Emerson Stein (MDB), a reunião teve por objetivo acelerar a apreciação de projetos “de grande interesse da comunidade”, conforme classificou o vereador pessedista.

Foram lidos os projetos de lei 043, o qual revoga a Lei Municipal 2593/17, que concedeu licença ambiental à construtora Terra Forte para a realização da dragagem na foz do rio de Santa Luzia (a empresa não realizou nenhuma obra no local), 044, que transfere a gestão do Fundo Municipal para os Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Educação para a de Assistência Social, e 045, propondo a abertura de crédito adicional de até R$ 15 mil para a Fundação Municipal de Esportes (FME), a ser aplicado nas escolas poliesportivas geridas pelo município.

Em virtude da urgência do material, logo após a sessão as comissões permanentes de Justiça e Redação, Obras, Serviços Públicos e Atividades Privadas, Meio Ambiente, Pesca e Agropecuária e Cultura, Esporte e Turismo analisaram os projetos, de maneira que eles irão para a ordem do dia na sessão da próxima segunda-feira (1º), quando serão submetidos à primeira votação, e também na da primeira quinta-feira do mês (04), para a segunda e derradeira votação.